Rua São Paulo - Centro - CEP 84350-000 - Ortigueira - PR | 42-32771388

Saúde

IX Conferência Municipal de Saúde inicia trabalhos

Quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Última Modificação: // | Visualizada 1660 vezes

Objetivo é reorganizar o modelo de atenção à saúde


Ouvir matéria

A IX Conferência Municipal de Saúde inaugurou trabalhos na manhã desta sexta-feira (12), objetivando reorganizar o modelo de atenção à saúde, através da discussão dos problemas de Saúde do Município e da proposição de diretrizes para atualizar o Plano Municipal de Saúde.

Com o tema “Construindo as Redes de Atenção à Saúde no Paraná”, as atividades focam-se, também, em outros quatro subtemas: Mãe Paranaense; Urgência e Emergência/SAMU; Saúde Mental e Saúde do Trabalhador.

Abrindo o evento, o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Paulo Rogério Ferreira, ressaltou a importância do evento, que permite que as pessoas tomem conhecimento das políticas públicas para a área de saúde e ofereçam suas contribuições.

Na sequência, a Secretária Municipal de Saúde, Danielli Cristina Borges Freire Martinez, agradecendo a todos os presentes na conferência, bem como aqueles que de alguma forma contribuíram para sua realização, lembrou, uma vez mais, o intuito do evento: avaliar a situação da saúde no município e elaborar propostas guias para melhorar essa realidade. ”Este é o momento de reflexão e construção coletiva dos rumos que se pretende para um Sistema Único de Saúde (SUS) adequado no espaço municipal; ressaltando a importância da representação dos vários segmentos sociais, para avaliar a situação de saúde e propor as diretrizes para a formulação da política de saúde a nível municipal”, declarou.

A Prefeita Municipal, Lourdes Banach, mostrou confiança nos resultados dos trabalhos: “Temos hoje, cuidando da área da Saúde, uma equipe preparada e qualificada para tal. Tenho certeza que da conferência sairão contribuições significativas para mudanças visando o bem da população ortigueirense”.

Representando a 21ª Regional de Saúde, sediada em Telêmaco Borba, seu diretor, Roberto Amatuzzi Franco, durante a mesa de abertura do evento, fez questão de parabenizar as trabalhadoras da saúde, ressaltando a qualidade e empenho com que realizam seu trabalho, fazendo da Saúde provedora, cuidadora e acolhedora, como deve ser. Também ressaltou a importância da conferência se configurar como propositiva, partindo da convergência entre usuários, gestores e profissionais da Saúde, no objetivo de melhorá-la. A ele, coube também a palestra.

Em sua fala, Franco, abordou a questão da necessidade de se conscientizar as pessoas acerca da importância de tomarem cuidados e precauções quanto a si mesmos, pois, assim, evitariam sobrecarregar o sistema público de saúde. “Uma pessoa que dirige seu carro a 150km/h tem mais probabilidade de sofrer um acidente e precisar dos serviços do SUS do que aquele que o faz dentro das leis, andando a 80 km/h”, exemplificou.

Alertou também para a necessidade de focar-se nas questões mais próximas, que estão mais presentes e ao alcance da população, a Atenção Primária. “É mais importante dar condições de trabalho a enfermeiros e médicos, formar equipes maiores, que fazem o atendimento nas comunidades e estão sempre em contato com elas, do que se ter um especialista que vem uma vez por mês, faz suas consultas, e vai embora sem se envolver com os problemas locais”.

O palestrante abordou, também, conceitualmente as vantagens da formação de Rede de Atenção na Saúde, foco do evento, e explicou seu funcionamento.

Fonte: Wanderley Rasera

IX Conferência Municipal de Saúde Crédito: creditos
Legenda: IX Conferência Municipal de Saúde

 Galeria de Fotos

 Veja Também