Rua São Paulo - Centro - CEP 84350-000 - Ortigueira - PR | 42-32771388 42-99122-5102

Trabalho e Emprego

Em Ponta Grossa: Prefeita discute vagas de cursos para atender demanda da Klabin

Terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Última Modificação: // | Visualizada 3765 vezes

OPORTUNIDADES


Ouvir matéria

Na tarde da última quinta-feira (24/01), a prefeita de Ortigueira, Lourdes Banach, esteve em Ponta Grossa em uma reunião na sede regional da Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social, para discutir o suporte técnico e a mão de obra a ser utilizada na construção da nova fábrica da Klabin, com sede em Ortigueira. Além da prefeita, também participaram secretários, vereadores e equipe técnica da prefeitura.

Na implantação do Projeto Puma, como foi denominado o projeto da empresa, serão gerados cerca de 10 mil empregos ao todo, sendo cerca de 8 mil ligados à obra. O objetivo da reunião foi mostrar aos prefeitos, vereadores, secretários e gerentes de agências do trabalhador a necessidade de implantação de cursos e programas para atender a demanda que deve começar a surgir a partir de março.

\"O que queremos é mostrar que vamos precisar de muita gente para esta obra. Captar e reter talentos será um dos nossos principais desafios para todas as áreas da empresa. E queremos captar a maior quantidade possível de mão de obra da região\", explica Sales Bueno, Gerente de Pessoas e Implantação do Projeto Puma.

A oferta de cursos acontecerá por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e programas como como o Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego).

\"Os cursos serão específicos, ofertados para suprir algumas necessidades da Klabin. Pactuamos cursos para cada município e nesse primeiro momento serão ofertados cursos em Ortigueira, Tibagi, Telêmaco Borba e Imbaú, que são os mais próximos ao empreendimento\", explica o coordenador de educação do SENAI, José Luis Andrioni.

De acordo com Andrioni, alguns cursos terão início ainda no primeiro trimestre. Para Ortigueira, oito turmas de cursos diferentes já estão previstas. \"É a chance da pessoa se qualificar e ter uma oportunidade de trabalho. Temos um mínimo de vagas e um limite para cada turma, além dos critérios de seleção\", considerou.

Serão ofertados cursos como pedreiro, carpinteiro, armador de ferragens e em áreas como sustentação e montagem e outras, também na parte técnica. Os interessados em participar dos cursos terão de esperar a divulgação em cada município para fazer as inscrições.

Alguns cursos prevêem vagas para beneficiários do Programa Bolsa Família, que serão matriculados desde que se enquadrem nos critérios de seleção. A escolaridade também varia de acordo com cada curso, assim como a idade mínima.

De acordo com a prefeita, Lourdes Banach, a preocupação da prefeitura será trabalhar em parceria com a Secretaria de Educação, a Secretaria de Ação Social e a Agência do Trabalhador, para atender o maior número de pessoas possível. \"Queremos que nossa população aproveite ao máximo esses cursos e outros que também pretendemos trazer. A capacitação é uma das portas de entrada na Klabin e vamos fazer de tudo para conseguir mais cursos. Vamos usar as escolas e tentar levar esses cursos também para localidades do interior\", considera a prefeita.



Fonte: Fernanda Rodrigues

legenda Crédito: creditos
Legenda: legenda

 Galeria de Fotos

 Veja Também