Rua São Paulo - Centro - CEP 84350-000 - Ortigueira - PR | 42-32771388

Apicultura

Produtores de Ortigueira participam do 19º Congresso Brasileiro de Apicultura em Gramado

Quinta-feira, 03 de maio de 2012

Última Modificação: // | Visualizada 2834 vezes

DIVULGAÇÃO DA APICULTURA LOCAL


Ouvir matéria

Um grupo de produtores de mel de Ortigueira vai participar, entre os dias 22 e 26 de maio, do 19° Congresso Brasileiro de Apicultura, que acontece em Gramado, no Rio Grande do Sul. Eles farão parte de uma comitiva, que vai em busca de novos conhecimentos, contatos e oportunidades de comercialização do mel.

Outro objetivo do grupo ortigueirense é divulgar o IV Seminário de Apicultura de Ortigueira e o VI Encontro Paranaense de Apicultura, que serão realizados no município no dia 24 de agosto deste ano. No mesmo dia, Ortigueira também pretende  inaugurar o Centro de Transferência de Tecnologia Apícola, projeto inovador, que é uma conquista dos apicultores locais.

Os produtores devem aproveitar o evento gaúcho para mostrar a importância do Programa APIS, uma iniciativa por um modelo de apicultura integrada e sustentável. O programa conta com a parceria da Prefeitura de Ortigueira, Sebrae/PR, Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Associação dos Produtores de Mel de Ortigueira (Apomel) e Consórcio Energético Cruzeiro do Sul (CECS), além do apoio de outras instituições.

De acordo com o consultor do SEBRAE/PR, Fabricio Pires Bianchi, o momento é favorável para reunir as entidades do segmento apícola e atrair visitantes de outros estados para os dois eventos em Ortigueira.

\"A apicultura da região entrou em uma nova fase, de renovação de mercado, principalmente devido ao envolvimento dos apicultores e do aumento da produção de mel. Também temos um projeto científico em parceria com o Iapar (Instituto Agronômico do Paraná) e a UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), que comprova a qualidade do mel local. Queremos conquistar a Identificação Geográfica do produto de Ortigueira\", explica.

A Indicação Geográfica (I.G.) é concedida pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI).  A certificação refletirá no aumento do valor agregado do produto, melhorando a renda dos produtores.

TROCA DE EXPERIÊNCIAS

Para Henry Rosa, engenheiro agrônomo da Emater, a participação no Congresso Brasileiro de Apicultura fará toda a diferença para os apicultores locais. \"O evento é uma oportunidade para que os apicultores conheçam novos projetos científicos. É uma troca de conhecimentos e experiências indispensável\", explica.

Ana Mozuski, presidente da Apomel, também apoia a iniciativa e acredita que participar de Congressos é uma maneira de conhecer outras formas de praticar a apicultura. \"Iremos aprender com os gaúchos e também mostrar para eles nosso trabalho\", acrescenta.

Com informações da Agência SEBRAE de Notícias


Fonte: Fernanda

 Galeria de Fotos

 Veja Também