Rua São Paulo - Centro - CEP 84350-000 - Ortigueira - PR | 42-32771388

Educação

Ortigueira apresenta proposta de Educação Empreendedora para a rede municipal de ensino

Quarta-feira, 02 de maio de 2012

Última Modificação: // | Visualizada 2708 vezes

APRENDER A EMPREENDER


Ouvir matéria

Nesta sexta-feira, dia 4, a Secretaria Muncipal de Educação, em parceria com o SEBRAE, irá apresentar para os professores e diretores da rede municipal e para representantes das APMFs (Associações de Pais, Mestres e Funcionários) o Programa Educação Empreendedora. O programa deverá ser implantado no município ainda este ano, a partir do segundo semestre, atingindo os 1.900 alunos da rede.

A proposta da \"Educação Empreendedora\" está dentro do Programa Cidade Empreendedora, que atua em Ortigueira pela busca do desenvolvimento local com o foco nos micro e pequeno empreendedores.

O objetivo da nova proposta é levar aos alunos o despertar do autoconhecimento e a análise de seus sonhos. A metodologia a ser aplicada é de Fernando Dolabela, um dos maiores especialistas em empreendedorismo no país, e tem atividades lúdicas, jogos, brincadeiras, etc., todas com o empreendedorismo implícito.

São quatro pilares de trabalho: aprender a fazer, aprender a ser, aprender a conhecer e aprender a conviver, que de acordo com a metodologia, resultam no \′aprender a empreender\′. As crianças desde cedo entram em contato com questões como liderança, energia, relações pessoais, trabalhos em grupo, etc.

Segundo o consultor do SEBRAE em Ortigueira, Fabricio Pires Bianchi, o empreendedorismo é algo que pode ser ensinado desde cedo e tem o poder de transformar a sociedade. \"Uma criança que entra em contato com o empreendedorismo se torna um adulto mais ativo, mais criativo e inovador, e que enfrenta melhor os problemas no futuro, independente da área em que for atuar. Se torna um profissional de sucesso, que sabe se relacionar bem\", disse o consultor.

Segundo a Secretária Municipal de Educação, Inês Dias Furrier, a educação empreendedora poderá transformar a vida dos alunos. \"Nossas crianças vão aprender sobre o que fazer para conquistar seus sonhos e vão descobrir que podem ir muito além. Esse será o nosso desafio e os professores serão os grandes protagonistas deste processo\", considera a secretária.

O programa é direcionado para um novo modelo educacional, em que o foco não é para onde a criança acha que vai no futuro, por influência dos pais, por exemplo, mas sim, para onde ela quer ir, qual carreira quer seguir.

\"A criança aprende a direcionar seu sonho, seja ele de seguir uma carreira de médico ou de abrir uma padaria. Às vezes o sonho é fazer uma simples festa de aniversário, é ser bombeiro. E, com o programa, essa criança começa a pensar nos passos que tem que dar para alcançar esse sonho e isso é o empreendedorismo, aprender a correr atrás e realizar. Hoje o modelo de educação muitas vezes exclui questões como o sonho, a emoção, a criatividade, entre outras, e esse, ao contrário, é justamente o foco dessa proposta\", explica Bianchi.

Após o treinamento de um grupo de professores para a difusão da metodologia, a educação empreendedora poderá ser implantada em todas as escolas municipais. A adesão ao programa terá um custo de R$20 mil para a Secretaria de Educação e haverá assistência do SEBRAE durante e após a implantação, por pelo menos um ano.


Fonte: Fernanda

 Galeria de Fotos

 Veja Também