Rua São Paulo - Centro - CEP 84350-000 - Ortigueira - PR | 42-32771388

Hidrelétrica de Mauá

Usina Mauá conclui recuperação ambiental de área de mineração

Terça-feira, 07 de fevereiro de 2012

Última Modificação: // | Visualizada 3537 vezes

RESERVATÓRIO


Ouvir matéria

O Consórcio Energético Cruzeiro do Sul (formado pela Copel, com 51%, e pela Eletrosul, com 49%) concluiu o projeto de Recuperação Ambiental de Mineração na área a ser alagada para a formação do reservatório da Usina Hidrelétrica Mauá - entre Telêmaco Borba e Ortigueira, nos Campos Gerais.

O trabalho, realizado em parceria com a Klabin (que possui uma fábrica na região), incluiu o tamponamento (fechamento) das onze bocas de minas de carvão existentes no local, remoção e destinação adequada de mais de 270 mil metros cúbicos de rejeitos de carvão. 

O projeto foi previamente aprovado pela câmara técnica de Qualidade da Água e Uso Múltiplo do Reservatório, que faz parte do Grupo de Estudos Multidisciplinar da Usina Mauá, que integra instituições como universidades e o Ministério Público Federal. Todo o trabalho foi acompanhado pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e pelo Ibama. 


PROCEDIMENTO: O tamponamento das bocas de minas, desativadas desde o encerramento da extração de carvão no local, foi concluído em julho do ano passado. Os rejeitos de carvão, que permaneceram no solo por anos, foram retirados do local que será coberto pela água e depositados em um aterro apropriado, fora da área do reservatório. O aterro foi impermeabilizado com uma manta de polietileno de alta densidade (Pead) e selado com argila compactada, para que o material não tenha contato com o solo e com o ambiente externo. Ainda foi construída uma estação de tratamento de efluentes e drenagens superficiais, trabalho concluído no final de dezembro. 

Com tratamento adequado às minas desativadas e aos rejeitos de carvão, evita-se o risco de contaminação da água do reservatório da Usina.

Mais informações sobre o projeto de Recuperação Ambiental de Mineração podem ser obtidas no site www.usinamaua.com.br. 

USINA: Com investimentos de R$ 1,2 bilhão, a Hidrelétrica Mauá entra em operação neste ano, adicionando ao sistema elétrico potência instalada de 361 megawatts, o suficiente para atender ao consumo de uma população de aproximadamente um milhão de pessoas. O projeto da usina inclui a construção de uma subestação e duas linhas de transmissão em 230 mil volts, que vão transportar a energia ao Sistema Interligado Nacional. 

O Projeto Básico Ambiental do empreendimento é formado por 34 programas que abrangem diferentes aspectos e áreas, como conservação da fauna e flora, resgate arqueológico, qualidade da água, remanejamento e monitoramento da população atingida, proteção de abelhas melíferas e educação ambiental.


*Fonte: Agência Estadual de Notícias (AEN)



Fonte: Fernanda Rodrigues

 Galeria de Fotos

 Veja Também