Rua São Paulo - Centro - CEP 84350-000 - Ortigueira - PR | 42-32771388

Educa??o

Reuni?o com educadores marca in?cio do ano letivo da rede municipal

Sexta-feira, 03 de fevereiro de 2012

Última Modificação: // | Visualizada 4652 vezes

ANO LETIVO 2012


Ouvir matéria

A Secretaria Municipal de Educação realizou na manhã desta sexta-feira (03), uma reunião com cerca de 200 professores e diretores da rede municipal de ensino de Ortigueira. O encontro foi para marcar a abertura do ano letivo de 2012 e também oficializar a posse dos novos diretores. As aulas terão início na próxima segunda-feira (06).

Entre as autoridades presentes estavam a Secretária de Educação, Inês Dias Furrier, o vice-prefeito do município, Ademir Frazatto, o vereador Francisco Leonidas Carneiro e o professor Nelson Luiz Poseti, diretor geral do Instituto São Francisco de Assis, de Umuarama/PR.

Poseti ministrou a palestra \"Motivação, Vontade e Oportunidade\". O diretor conversou com os presentes sobre a importância e responsabilidade da escola e o papel de cada professor. 

\"A mudança da escola está dentro dela mesma. Ouvimos que o problema da escola é o sistema. Mas temos que aceitar que dificilmente teremos um sistema perfeito, com o governo perfeito, com todos os recursos disponíveis, com quadro pleno de professores e com alunos que não tenham problemas em suas famílias. Isso é uma utopia. Temos que buscar o caminho dentro da escola para melhorar agora e isso é uma questão de vontade. Podemos sim ter uma escola melhor e devemos trabalhar juntos pra que isso aconteça\", disse Poseti.

A secretária Inês Furrier lembra que a reunião antes do início das aulas acontece todos os anos. \"Temos esse objetivo de motivar nossos professores e diretores. Também realizamos o encontro para passar as mudanças que teremos no ano, o planejamento pedagógico e tudo mais, por isso é importante\", explica.

DECRETO LEI E ATESTADOS MÉDICOS: Os professores também receberam na reunião o decreto lei municipal número 1076/2011, que dispõe sobre questões como o atestado médico, por exemplo. Um dos pontos do decreto é que atestados médicos por motivo de doença, por prazo igual ou superior a cinco dias, serão avaliados pela junta oficial de saúde municipal.







Fonte: Fernanda Rodrigues

 Galeria de Fotos

 Veja Também