Rua São Paulo - Centro - CEP 84350-000 - Ortigueira - PR | 42-32771388

Agricultura

Eixo de Recursos Naturais de Telêmaco e Ortigueira promove I Feira de Sementes Crioulas Indígenas do PR

Terça-feira, 30 de agosto de 2011

Última Modificação: // | Visualizada 2874 vezes

SEMENTES CRIOULAS


Ouvir matéria

No último sábado (27/08) a Aldeia Indígena Guarani de Pinhalzinho, Município de Tomazina – PR, realizou sua I Feira de Sementes Crioulas Indígenas do Paraná. A feira contou com mais de 300 pessoas, entre estudantes, professores, lideranças de movimentos sociais (MST e Via Campesina) e com a presença de sete Aldeias da região.

Segundo a liderança indígena, Reginaldo Alves, da etnia Guarani, “um dos principais pontos da feira foi promover o resgate de uma ancestral tradição indígena: cuidar das sementes. O desafio maior agora será: conservá-las, protegê-las e reproduzi-las.” Segundo ele, o valor simbólico das sementes para os povos indígenas vai além dos seus aspectos culturais e de sacralidade.

Durante a programação também foram executadas varias oficinas: Artesanatos Indígenas, Plantas Medicinais, Confecção de Vassouras Artesanais, Brincadeiras de Crianças Indígenas e  Proteção de Nascentes.

A organização da feira também contou com o envolvimento dos alunos dos Cursos Técnicos em Florestas e Agroecologia do IFPR, do Campus de Telêmaco Borba e Ortigueira respectivamente.

O professor Rodrigo, do Curso Técnico em Florestas em Telêmaco Borba, ressaltou a feira como início de uma rearticulação dos povos indígenas do Paraná. “Foi muito emocionante conhecer e revalorizar não só as sementes, mas as tradições da dança e do artesanato para os Guaranis e Kaingangs.”

Para a estudante Silmara Lemes, do Curso de Florestas em Telêmaco Borba, “a organização da feira e o contato com a comunidade indígena serviu como forma de visualizar os conceitos aprendidos em sala de aula nas disciplinas de  sociologia agrária, práticas de sementes e viveiros, etnobotânica de plantas medicinais, agrofloresta, entre outras e valorizar os conhecimentos tradicionais associados.”

A Feira foi iniciativa dos Cursos Técnicos em Florestas e Agroecologia do IFPR em parceria com a CESE e ARPINSUL.

Professora Luciana Maestro Borges

Fonte: Fernanda Rodrigues

 Galeria de Fotos

 Veja Também