Rua São Paulo - Centro - CEP 84350-000 - Ortigueira - PR | 42-32771388 42-99122-5102

Saúde

Ortigueira registra 22 casos confirmados de dengue

Segunda-feira, 06 de abril de 2020

Última Modificação: 06/04/2020 14:46:32 | Visualizada 265 vezes

Saiba como evitar e confira os dados do boletim mais recente


Ouvir matéria

Ortigueira tem 22 casos confirmados de dengue. Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde do município, divulgados em boletim no dia 3 de março.

A cidade registrou, ainda, 49 notificações de possíveis casos de dengue e 24 casos à espera do resultado, conforme dados da secretaria municipal.

Não dê mole para o mosquito Aedes aegypti, que, além da dengue, pode provocar chikungunya, zika e febre amarela.

Dê uma boa olhada dentro e fora da casa, prestando atenção aos seguintes detalhes.

NÃO DEIXE: 

ÁGUA PARADA

Destruir os locais onde o mosquito nasce e se desenvolve. Evite sua procriação.

LIXEIRAS DENTRO E FORA DE CASA

Mantenha as lixeiras tampadas e protegidas da chuva. Feche bem o saco plástico.

VASILHAS PARA ANIMAIS

Os potes com água para animais devem ser muito bem lavados com água e sabão no mínimo duas vezes por semana.

SUPORTE DE GARRAFÃO DE ÁGUA MINERAL

Lave-o sempre quando fizer a troca. Mantenha vedado quando não estiver em uso.

PRATINHOS DE VASOS DE PLANTAS

Mantenha-os limpos e coloque areia até a borda.

COLETOR DE ÁGUA DA GELADEIRA E AR-CONDICIONADO

Atrás da geladeira existe um coletor de água. Lave-o uma vez por semana, assim como as bandejas do ar-condicionado.

PLANTAS QUE ACUMULAM ÁGUA

Evite ter bromélias e outras plantas que acumulam água, ou retire semanalmente a água das folhas.

VASOS SANITÁRIOS

Deixe a tampa sempre fechada ou vede com plástico. Em banheiros com pouco uso, dê descarga pelo menos uma vez por semana.

BALDES E VASOS DE PLANTAS VAZIOS

Guarde-os em local coberto, com a boca para baixo.

RALOS

Tampe os ralos com telas ou mantenha-os vedados, principalmente os que estão fora de uso.

GARRAFAS

As garrafas devem ser embaladas e descartadas na lixeira. Se guardadas, devem estar em local coberto ou de boca para baixo.

LAJES

Não deixe água acumular nas lajes. Mantenha-as sempre secas.

PISCINAS

Mantenha a piscina sempre limpa, mesmo sem uso. Use cloro para tratar a água e filtre periodicamente.

CALHAS

Limpe e nivele. Mantenha-as sempre sem folhas e materiais que possam impedir a passagem da água.

OBJETOS D’ÁGUA DECORATIVOS

Mantenha-os sempre limpos com água tratada com cloro ou encha-os com areia. Crie peixes, pois eles se alimentam das larvas do mosquito.

CAIXAS D'ÁGUA, CISTERNAS E POÇOS

Mantenha-os fechados e vedados. Tampe com tela aqueles que não têm tampa própria.

CACOS DE VIDROS NOS MUROS

Vede com cimento ou quebre todos os cacos que possam acumular água.

TONÉIS E DEPÓSITOS DE ÁGUA

Mantenha-os vedados. Os que não têm tampa devem ser escovados uma vez por semana e cobertos com tela.

FALHAS NOS REBOCOS

Conserte e nivele toda imperfeição em pisos e locais que possam acumular água.

LIXO, ENTULHO E PNEUS VELHOS

Entulho e lixo devem ser descartados corretamente. Guarde os pneus em local coberto ou faça furos para não acumular água.

OBJETOS QUE ACUMULAM ÁGUA

Coloque num saco plástico, feche bem e jogue no lixo: tampinha de garrafa, casca de ovos, copos descartáveis e outros.

FACILITE O CONTROLE DA DOENÇA

Permita sempre o acesso do agente de controle de zoonoses em sua residência ou estabelecimento comercial.

Aedes aegypti: causador de dengue, chikungunya, zika e febre amarela.   Crédito: Domínio Público/Jcomp
Legenda: Aedes aegypti: causador de dengue, chikungunya, zika e febre amarela.  

 Galeria de Fotos

 Veja Também