Rua São Paulo - Centro - CEP 84350-000 - Ortigueira - PR | 42-32771388

Indústria e Comércio

Ortigueira espera anúncio oficial da Klabin

Sexta-feira, 27 de abril de 2012

Última Modificação: // | Visualizada 3697 vezes

NOVA FÁBRICA


Ouvir matéria

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, fechou as negociações com a Prefeitura Municipal de Ortigueira para a implantação de sua nova unidade de celulose no Paraná. O anúncio da nova fábrica já havia sido realizado no início do ano e desde então, esperava-se a confirmação da cidade que a receberia.

A nova fábrica em Ortigueira será um investimento de 6,8 bilhões de reais e terá capacidade para produzir 1,5 milhão de toneladas de celulose por ano.

O projeto vem sendo acompanhado pelo município há mais de dez anos. Segundo o prefeito, Geraldo Magela, a Lei Municipal de Incentivos Fiscais de 2009 (lei nº 101/2009) foi uma ação estratégica para atrair novos empreendimentos para a cidade, principalmente a Klabin. As isenções fiscais para a empresa foram publicadas ontem (26/04), no diário oficial do município.

\"Quando soubemos da intenção em se construir uma nova fábrica da Klabin no Paraná, elaboramos procedimentos para facilitar a vinda do investimento para Ortigueira. Criamos a lei de incentivos fiscais em 2009, para que não ficasse nada para última hora. Quando a empresa decidiu fazer a nova unidade, tínhamos toda a documentação necessária, o que facilitou o processo. Não foi necessário qualquer aprovação de última hora pelo legislativo, porque já estava tudo preparado, já estávamos maduros para receber a Klabin\", disse o prefeito.

Ortigueira é o quarto maior município do Paraná em extensão territorial e está em um ponto estratégico para o novo empreendimento. O município fica há 247 km da capital Curitiba, 135 km de Londrina e 135 km de Ponta Grossa, além de fazer divisa com dez municípios, Tamarana, São Jerônimo da Serra, Sapopema, Reserva, Imbaú, Telêmaco Borba, Curiúva, Faxinal, Rosário do Ivaí e Mauá da Serra.

Energia Elétrica

A nova unidade da Klabin será auto-suficiente em geração de energia elétrica, com capacidade de produzir aproximadamente 260 MW, consumindo cerca de 110 MW. A produção excedente será disponibilizada na rede de energia.

De acordo com Magela, este será mais um diferencial da obra. \"Essa capacidade demonstra o grande potencial da Klabin. A transformação que teremos no município ainda é incalculável. Estamos discutindo os projetos de melhorias para a nossa cidade a partir da nova fábrica e tudo indica que Ortigueira está no caminho de seu progresso\", conclui.



Fonte: Fernanda

 Galeria de Fotos

 Veja Também